Poesia

Chamas

Janeiro 22, 2016

Etiquetas:

Olho e cego

Calo e ardo

Rio e choro

Fico, tardo

Queimo as mãos

Chamas

É  tão pouco o que sei

0
0 likes
Related Posts

Poesia

Run

Abril 23, 2016 2 0