Fevereiro 2017

As time goes by

As time goes by

Primeiro é com relógios. Depois com calendários. Depois só com memórias. A seguir já não há padrão. Uma vez aqui outra acolá, menos quando o tempo corre, mais na calmaria. Antes de dormir, ou só quando um sorriso me atira para o passado e tu estás lá. A rir. A desatinar com toda a gente como se te devessem todos Continue reading As time goes by