Ficção

Berenice

Maio 19, 2016

Etiquetas:, ,

Esta noite fui ao teatro. Estava o palco vazio e dei comigo a pensar que podia ser eu a estar ali em cima, à frente de todos. Outro homem em cima de um palco a pensar. Mas, e que pensaria?

Enquanto o Gregório Duvivier desfilava preces de homem sem saber o que pensar, angustiado na perda da criatividade que o abandonou com o seu amor, eu imaginava as luzes do monólogo sobre mim. Mas quem é a minha Berenice? De que são feitos os meus demónios?

Lá no palco tos direi, mas só quando me lá vires Berenice, que ainda tenho a peça quase toda por escrever.

1
1 likes