Poesia

Aura

Aura

Se não for hoje é porque não tive tempo. Ou não soube. Porque não percorri o caminho certo. Porque me sumi de mim e não te vi. Porque desisto de começar a avançar e me perdi. Porque eram salgados o mar e a intempérie e estava frio Porque preferi o borralho cibernético do meu livro maçã Continue reading Aura

Dança

Dança

Acordei agora do meu sonho princesa bailarina. Sinto a falta do contorno quente do teu corpo no meu. Tenho gravada a textura da tua pele na memória da minha. Na tua ausência tenho tocado essa gravação vezes sem conta, como os adolescentes do nosso tempo, a fazer rewinds infinitos em cassetes de fita magnética onde guardávamos Continue reading Dança

Lolita

Lolita

Hás-de sempre ser longe Ubasti distante sem vértice Esquadro vago raso ângulo Hás-de ser Ailuro que chegue e mate todas as memórias nas esquinas de Mykonos Hás-de ser minha e prematura E eu o  guizo que acompanha essa prisão que não  toleras Hás de ser só gato  e eu só Anubis e  sem saberes o som da liberdade