Poesia

Olhar

Dezembro 2, 2015

Etiquetas:

Como uma Águia Pesqueira
quando mergulha sem vertigem no mar
Como um Nadal em top spin
buscando na linha o horizonte da forma
Como um Picasso sóbrio
desenhando deus como uma criança
Como um Giotto dos tempos modernos a reinventar a perspectiva
Como um Chapeleiro Louco a dar horas em Wall Street
Como no Livro das Horas a olhar, a ver e a reparar

ao Jorge Simão
outubro 2013

0
0 likes
Related Posts

Poesia

Despertar

Abril 20, 2016 0 0

Poesia

Run

Abril 23, 2016 2 0