Poesia

Silêncio

Abril 6, 2016

Dói-me o ar parado e esta angustia

o tempo invertido

a pirâmide que amolece

Será que os meus olhos já te não sabem ver?

0
0 likes
Related Posts

Poesia

Átono

Janeiro 19, 2016 1 0

Poesia

Cada Coisa

Janeiro 18, 2016 0 0

Poesia

Aura

Maio 30, 2017 2 0