Caminho

Amor

Amor

Como a luz que entra pela vidraça, às vezes luminosa e clara, outras difusa e lenta, o teu amor me trespassa e me fascina. Por do sol que se demora, que cresce e que fermenta. Fé em Deus, câmara clara, força leve e santa. E a nossa vida segue, flui em fogo e sobressalto, sossega Continue reading Amor

Sai!

Sai!

Não me amedronta sair de casa mas tenho medo de não conseguir voltar. Lá fora é sempre a mesma coisa porque nada muda, nem tu nem o mar à tua volta nem as viagens feitas de silêncios em vez de bilhetes de avião e saudades. Trazias na palma da mão  uma lembrancinha, uma insignificância qualquer, só para poder continuar a Continue reading Sai!