Oração

Paro na meia tarde de estio e rezo. Afinal há igrejas bonitas por aqui. Logo à entrada pergunta-se aos turistas “se visitam”, não porque rezar há-de ser coisa vedada a quem procura fresco recolhimento no interior da nave, mas porque visitar – embora também confira o direito a praticar orações – rende à caixa de esmolas guardada pelo porteiro da Sé Nova […]

Suave milagre

Poucas coisas haverá mais impressionantes do que ver um milagre acontecer. Mas, claro, não falo de um desses milagres canónicos, apostólicos e certificados por congregações romanas da fé, ou de uma façanha qualquer de um santo de calendário. Nem de água que se transforme em vinho, ou de outra qualquer metáfora com que as religiões […]

A fé dos homens 

Pode discutir-se tudo menos a Fé. Hoje vi em Coimbra, na Igreja de Santa Cruz, Panteão Nacional, milhares de pessoas, de muitas nacionalidades, visitarem o repouso da Rainha Santa Isabel à procura da carícia de uma rosa. Cumprem-se 500 anos, meio milénio, que Isabel de Aragão, foi beatificada. A nossa história é imensa. Do tamanho […]

Saudades do futuro (II)

Porque queres que tenha saudades do futuro? Esta é uma cidade cheia de silêncios ruidosos e passageiros sedentários. Olhares lânguidos e surdos. Luzes baças que quase sempre são também esquivas. Coimbra é feita de viagens impossíveis ao passado, mergulhos desesperados no futuro e maremotos sem epicentro. Olhando em volta só se encontram amores impossíveis. (…)Eram […]